terça-feira, 2 de dezembro de 2014

ONTEM A MINHA ESPOSA ACEITOU ME FAZER CORNO..VAI DAR PARA UM AMIGO NOSSO, DO QUAL ASSUMIU TER VONTADE DE TRANSAR FAZ TEMPO...

14 comentários:

Anônimo disse...

Ela vai viciar amigo e ser corno também vicia.

Xeldon Silva Souza disse...

Parabéns você é um marido de sorte. Embora liberada para tal, minha esposa, até hoje, não aceitou. Conta pra gente como foi a transa. Fico louco de tesão de saber os detalhes. (kildaresandero@outlook.com.br)

Anônimo disse...

sortudo!!! depois conta pra gente qualq é a sensação

Anônimo disse...

isso, conta pra gente!

Amante Discreto disse...

Sou um macho dominador. Sou empresário, boa aparência e forma (1,76cm 78kg), elegante, bom nível social e cultural, educado, extrovertido e muito discreto. Tenho muita experiência com casadas...já saí e saio com várias...algumas com consentimento dos maridos e outras sem eles saberem. Posso ser o macho de sua esposa. Moro no Brasil e viajo por vários Estados, meu email é amantediscreto14@gmail.com

Anônimo disse...

Aqui só vale email ,por que não Whatsapp.Sou corno quero um macho negão pra minha esposa.

Anônimo disse...

'ONTEM A MINHA ESPOSA ACEITOU ME FAZER CORNO..VAI DAR PARA UM AMIGO NOSSO, DO QUAL ASSUMIU TER VONTADE DE TRANSAR FAZ TEMPO...'

. Aconteceu com um primo meu a mesma coisa. Amigões desde garotos, posso dizer que é, na realidade, um irmão. Sempre tivemos jogo aberto , acho, que aqui nunca chegará portanto, cometo um 'dedodessetismo', uma traição, confidenciando o que vi e ouvi dele. Débora é uma mulher linda desde jovem. Paulo logo se apaixonou por ela e 3 anos depois estavam casados. Hoje tê dois filhos crescidos e formados. Débora tem 49 anos. Paulo, 54 anos. Casamento modelo, nunca ninguém saberá, principalmente os membros da família( já que mudei os nomes), o que ocorreu. Discretos como são, os três, que ouvir ou ler sobre pensarão ser mentira o que um dos quatro( eu, Débora, Paulo e Marcão) vier a revelar. Só se dois deles contarem, e, mais precisamente, a mulher contar.
Débora é uma mulher tipicamente brasileira com descendência italiana. Cabelos castanhos. Avós e mãe italianos e pai brasileiro. Um rosto lindo com olhar expressivo( olhes verdes), nariz afilado e boca carnuda, peitos volumosos, cintura de pilão caindo ou numa bocetinha escondidinha ou num belo e grande rabo ! Bocetinha escondidinha e rabão sustentados por coxas grossas ! Nos últimos anos, de 5 anos para cá, notei que Débora andou mudando. Mudou muito ! Fez plástica, mudou os guarda roupa. Estava mais'ousada'. Numa noite, fui a um bar perto da casa de Paulo e telefonei para ele. Era um dia chuvoso, ninguém na rua. Terça feira, me lembro bem. Beber sozinho num dia assim é barra e ele topou ficar comigo já que era mais de 21 horas e estava de férias. Depois de duas garrafas de vinho, eu perguntei sobre a Débora:' Rapaz ! Que mudança é essa que ocorreu com a sua mulher ? Não, por favor, parece que voltou aos 25 anos ! Está um avião, me desculpe a franqueza...',' Luís, quer ouvir uma história daquelas ? sei não... acho que não vou te contar... é muito íntima...','Porra, qualé ?, tem coisas aí muito mais brabas que um contou pro outro, porra ! E não tem ninguém por perto',' Tá. Tu é corno da Silvinha, então, acho que posso te contar...',' Cara, eu vacilei com a Silvinha. Ela deu o troco com a mesma moeda. Puta é puta. Mané é mané',' Você não é mané mas andar em pleno shopping Eldorado com uma vagaba, pelo amor dos meus filhinhos !',' Bebi e fui justamente no horário que a Sílvia tinha dito que iria passear por lá... A, me traiu com aquele mineirão caseiro do sítio. Deve sair toda torta das trepadas com o bronco ! Boazuda rabuda, ficou morando lá com o cara. Aor de pica ! Graças a Deus, o sítio fica à 300 km daqui !',' Vacilão. Mas eu queria ser corno fazia anos !',' Você ?'

Anônimo disse...

' Luís, sabe sacanagem de casal, não ? Trouxe filmes, depois sites. Trouxe consolos, cada vez maiores. E ela aceitando. Filmes, notei gostar dos mega dotados',' Nem todas gostam',' É, só serve para filmes mas o impacto é ainda poderoso na visão das mulheres.Se incomoda a gente ver um bem dotado imaginem para elas. Servem pelo menos para uma boa mamada...','É verdade...','... e muitas sonham com um rasgando a boceta ! O caso da Débora era este mas o sexo anal, dizia ela, não teria coragem de enfrentar',' Dizia ?',' Isso... Vendo os filmes daqueles negões enormes comendo de todo o jeito as morenas e loiras, ela só não daria a bunda porque deveria doer bastante encarar algo tão grande no cú ! Bom, é o que mais me excitava, ver aquelas mulheres sendo enrabas pelo Sean Michels, Lexington Steele e o Kid Bengala. Mais alguns filmes pornochanchada ultra bem feitos que sexo interracial apareciam. Débora e sua enorme linda bunda, passei a sonhar com um cara fodendo. Um negro !',' Xi, cara ! Os caras pegam forte quando uma rabuda aparece. Não aliviam. Bem, eu não alivio',' Você não é bem dotado...',' 18 cms. E você ?',' Cê sabe... Já medimos... tá, 16 cms',' E você carca aquele rabo, não ?',' Claro ! É aí que mora o perigo, quer dizer, morava... Comecei a incentiva-la a sentir um mais grosso no rabo que o meu. Usei consolos até um importado que pulsava. Adorou ! Pedia todo final de semana. 20 centímetros. De uns 3 anos para cá, após a plástica, passei a cogitar a ideia dela dar para um homem na minha frente',' Tudo ou só o rabo ?',' Tudo... mas principalmente o rabo. Isso, depois de bebermos e nas trepadas. depois, comecei a conversar com ela. Casou virgem, eu sendo o único homem dela, aquela coisa. Sabe o que ela me disse ? ' Tomei uma cantada hoje de um pedreiro da casa da Nandinha. Quando ela se afastou para conversar com o arquiteto dela, não que o sujeitinho canalha disse quando eu pedi mais respeito por ser mulher casada há mais de 20 anos ? ' Esta bunda merece mais de um macho. Deixa a boceta pro seu marido...'. Pode '? Disse para ela ser uma verdade e ela ficou possessa ! Continuei pedindo para ser corno e ela começou a achar a ideia interessante. Bom, e qual seria o macho comê-la ? Tinha de ser de confiança',' Eu ?',' Seu nome foi jogado na roda após analisarmos não ser possível pegar um homem de fora, um forasteiro. Seria perigoso demais. ela disse que não. Que tinha um que sempre deu muito tesão nela mesmo vendo ele muito pouco',' Quem ? O Maurílio ? O Edu ? O Valmir ? O João ? O...',' O Danilo !', Não... O Danilo ? Não o vejo faz mais de 10 anos ! Tá pro lados de Ribeirão Preto, não ? Pô, hoje deve estar beirando os 60 anos !','Isso mesmo, na época do nosso papo, tinha 57 anos. Adora coroa '!

Anônimo disse...

O Danilo era o nosso técnico na faculdade do time de futebol de salão. Ele entrou na Engenharia mas não se formou - faltando dois semestres - porque foi para Ribeirão Preto trabalhar como mestre de obras de uma nova firma de arquitetura, emprego que se dedicou tanto que acabou ganhando muita grana por ser homem confiável. Sozinho, precisava de grana e já trabalhava na construção civil antes. Forte feito um touro, alto, cara bruta e de mau, era nosso 'guarda costas '. Negro e... bem dotado. Deixava todos, no vestiário, com inveja. Uma linda pica negra, grossa, tronco imenso cheio de veias e com uma cabeça vermelha ameaçadora nas pontas. Não tinha como escondê-la. Eu e Paulo nunca deixamos de ser amigos dele. E fizemos bons trabalhos juntos sendo que Paulo continuou tendo contato com ele. Solteirão, Danilo mora nos arredores de Ribeirão preto num sítio. É discreto mas , dito pelo Paulo, 'come' muito.
' Aí, meu amigo, quase gozei feito criança. De pau duro, aquele mulherão dizendo querer o Danilo. O pau pulsou descontroladamente ! Conversando com o Danilo, no sítio dele, uns anos antes desta revelação da Débora, ele é comedor ativo dos bons ! Ele para mim: ' Cara, fica aí até mais tarde. Liga para a Débora e diz que vai dormir aqui, no sítio, porque está chovendo muito! E está mesmo. Volta amanhã de manhã. Vem cá...' ' E entramos na casa dele e fomos até um quarto. O quarto era enorme, da sacanagem. Parecia quarto de motel. ' Vem aí, mais tarde, a filha de engenheira-sócia que trabalha lá na empresa. Uma gordinha rabuda de 26 anos que é simplesmente deliciosa ! Já tem um bebê mas não tira os olhos de mim em todas as ocasiões que nos encontramos. O marido não sabe e está viajando, nos E.U.A., só voltando daqui à 20 dias. Foi fazer um curso. De informática, algo assim. Bom, ela é que se convidou. Num papo mais ousado, depois de beber muito, na festa de peão e boiadeiro da semana passada, toda de cow-girl, dançando comigo, perguntou o que eu achava do bumbum dela. 'Muitos achavam grande demais, inclusive o meu marido. Depois que tive o meu bebê ficou muito grande...', disse para mim.' Para mim, ótimo para beijar, morder, chupar, dar uns tapas e... foder...', disse na orelha dela, bem devagar com a voz grossa e aveludada que tenho. Ela riu e marcou um encontro. Telefonou hoje, dizendo que o filhinho irá ficar com a avó e ela vai curtir com as amigas a noite. Você quer ver a trepada ? Fica nas partes escuras e atrás dos armários.Faço sempre um movimento dizendo onde vou sem ela notar'. Depois de dito isso, fiquei, óbvio. Perguntei se não tinha falhas naquele plano da gordinha rabuda. Tinha, óbvio, mas ele a levaria para a casa da avó logo depois da quarta gozada','Quarta ? Peraí, quantos anos tinha na época ?',' Deixa eu ver...Ele fez 60 anos. Foi em 2009. 60-6... 54 anos ?',' Pô !'

Anônimo disse...

http://1.bp.blogspot.com/-O3FqMxlV8MI/Tid7Oz3fM1I/AAAAAAAAAAg/Ppbm0ghFPVk/s1600/Clara%252520BUMBUM_75055_643561%255B1%255D.jpg

E, por volta das 8 horas da noite, um carro apareceu na entrada do sítio. Ele foi abrir a porta descendo uma ladeira pouco ingrime, de uns 150 metros. O carro entrou, parou, ele fechou o portão e entrou no carro pela porta do carona. O sítio estava quase no escuro, poucas luzes acesas, e eu na sala. Vi um mulher baixinha, jovem, gordinha entre aspas mas muito gostosa, baita bunda, saindo do carro. Parecia aquelas dançarinas de funk. Já entrou na sala, eu no escuro, metendo a mão nas coisas do Danilo e ele apalpando a bunda dela. Ele de cachaça para brindar e ela aceitou, dois copos, de primeira, cada um. Aí beijo na boca e a loirinha de cabelos loiros e liso foi posta de joelhos, frente a frente ao ainda preso nas calças, e denominado pelo dono, monstro ! Ela mordeu a calça jeans o tronco do pau do Danilo, estava tarada ! pegou a garrafa de cachaça e bebeu no gargalo ! Parou e riu !' Nabunda ? Bem sugestivo... Quero tomar Nabunda !',' Comprei no sul de Minas ! Ora, se voce não vai tomar na bunda...', disse o Danilo. Riram ! Ela abriu o zíper e meteu a mão lá dentro, e com dificuldade, e sem jeito, tirou o pau enorme para fora !

http://www.blackcocksxl.com/wp-content/uploads/2014/11/blackcock.jpg

Aí, abocanhou e não largou mais ! Ele olhava na minha direção e sorria segurando a cabeça dela e tampando os olhos da moça. É um pau de 26 cms, Luís ',' Ele disse ?',' Não, ele fez a moça medir com uma fita métrica',' Nossa, Danilo, 26 centímetros ! Você vai ser carinhosos comigo, não vai ? Para eu voltar, sempre...', porra, mulher, quando quer, é muito puta, não ? E o marido fazendo curso no exterior ! Bom, dali, foram para o quarto da sacanagem. Música sertaneja tocando e estava de meias. Tudo naquele parece ter sido projetado para ter olhos na cena do crime. Ou seja, voyeurs ! Danilo me confidenciou que alguns maridos e namorados da região querem ver suas mulheres com ele. Alguns até pagavam ! Taras e vontades que poucos podem ter e, ou, pagar. Os segredos do Danilo foram se abrindo daí ele ser muito discreto. A loirinha tirou a roupa e, a pedido dela, foi, após mais uma gole forte de Nabunda, tomar no belo rabo e que o Danilo fizesse tudo que tinha dito no sábado anterior na festa. Ela empinou o rabo, com uma calcinha vermelha e ainda de saltos altos nos pés e ele foi para trás dando beijinhos, mordidas, lambidas. De quatro, começou a enfiar a língua no cú dela. Depois,após muito KY, passou a meter, aos poucos, o poderoso bilau nela e a moça gemeu mas rebolava pedindo só um pouco de paciência. segurava o tronco negro e massageava ele ao mesmo tempo. Se via num espelho ! Os dois...',' Não te pegaram ?',' O Danilo me deu camisa preta, de manga comprida e eu colocou a minha calça escura mais meias escuras. E, cara, não ria. Passei no rosto graxa de sapato. preta. E nas mãos. Por sorte, fiz um teste antes para ver se iria irritar a pele. E foi isso. De repente, estava socando naquele rabo lindo a moça xingando e pedindo mais !Queria tapas no rabo e ele dava ! Olha, arrombou. Foram dez minutos ou mais sendo que depois dela acostumada e ele parecia um trem, não parava, cadenciado mas não parava. Eu, com 3 minutos com uma bunda daquelas, já era. Com a Débora, não vou mais que 5 minutos'.

Anônimo disse...

' Ele encheu de porra o rabo da moça. Ela gemia e pedia 'mais,mais, mais...', acho que ela contava o número de pulsadas que o membro do Danilo dava no cú dela. Ficaram parados e ela de quatro e ele como fazendo carinho nela. Aí ele saiu de dentro da bunda dando um belo tapa forte como se o serviço fora entregue. Ela se virou, a bunda para o espelho e ficou olhando. Arrombada estava e saía porra aos montes do cú. Sorriu como se conseguira um triunfo. Mulheres... conversaram e foram para o banheiro, tomaram um banho e riam à beça ! E dali foram para sala. Ficaram bebendo, comeram algo e aí ele colocou a gata na mesa de jantar e passou a mamar a boceta dela, linda por sinal. Gordinha... Meteu o pintão dentro e ela não aguentou nem 2 minutos. Gozou ! E depois gozou mais uma vez. E depois outra. Foram quase 20 minutos ali e a jovem se segurando e levando estocadas na boceta pedindo para continuar sendo rasgada pelo mastro negro ! Depois foram para o sofá e ela foi para cima dele. Suada, cansada, com olhar de fera, babava ! Pensei que morreria. Bicos dos seios duros ! Lambia os lábios do Danilo, parecia selvagem. Aí, o Danilo, com uma certa violência tirou-a do colo dele e forçou a ficar de joelhos. Mandou ela abrir bem a boca e por a língua de fora, ela fez o que ele pediu. Fico esperando a porra na boca ! Danilo a segurava pelos cabelos porque ela cambaleava um pouco enquanto ela se segurava nas pernas dele. Estava fraquinha, coitada... e com os cornes cheios de cachaça. Ele esporrou forte no rosto , primeiro, e na boca ! Mandou engolir. De ovo pro banheiro e depois para a cama, no quarto da putaria. 1 hora depois, ele foi para cima dela e ela abriu bem as pernas para recebe-lo. Tome de foda e ela sorria e beijava o Danilo. Mordia o Danilo enquanto ele dava tapinhas na cara dela chamando-ade puta. ' Você vai ser minha puta e vai dar dinheiro para mim...', perguntei depois para ele se era o Pimp Dan da califórnia paulista. Riu e disse que não. Mas ganhou muitos presentes de muitas putas, casadas ou não, um deles, o Rolex que usa. A moça gozou novamente e muito ! Nunca tinha visto algo parecido. Me deixou traumatizado. Mulher não gosta de pica grande, só de mau fodedor. Eram duas da manhã, já tinha tocado uma, não aguentei. Quando deu 3 e meia, a moça estava de bruços, bundão para cima, dormindo. Cheguei perto. 'Aí,que lindo rabo, hein ?',' Quer ?',' Não, Danilo, ela vai notar a diferença...','Então eu vou dar mais umazinha... Na boceta '! E abriu as pernas dela e o pau, duro novamente, procurou o caminho. Ela, sentindo ser invadida, disse um' nãããão' mas já era tarde, ele comeu ela pela quarta vez segurando a testa dela e bufando feito um touro. Ela aguentou o tranco. Na hora de gozar, mandou ela arrebitar a bunda e encostou a glande no cú dela e despejou o que faltava de porra lá, no cuzinho arrombado. Ela, com cara de malandrinha, fingiu que não gostou mas gostou. Danilo levou-apara a casa da mãe dela, avó do menino dela. perguntei, um mês depois, se aconteceu alguma coisa e ele respondeu que ' nada ! Tô comendo direto mesmo com a marido por perto. Oque posso dizer ser um problema é a mãe, uma coroa gostosa daqui, cachorrona, que farejou algo, para mim pode ser problema.
Mas tem uma bunda maravilhosa' !

http://3.bp.blogspot.com/-ul9NzIB3lOg/TxM5oyRtAOI/AAAAAAAAGHs/zOaK0GvLIJ0/s1600/ee3.jpg

Anônimo disse...

' Bom, e como foi com a sua esposa, Paulo ?',' O pior foi falar para o Danilo. Morrendo de tesão que estava, mas com uma imensa culpa e com medo porque a Débora, com a idade dela, poderia até se apaixonar ou até partir para novas trepadas, incrementadas, diria, como gangbang e duplas penetrações, fui até ele. Eu queria aquilo e ela também desejava ! Mostrei uma foto que tirei dela.' É a Débora, não ? Casamento precisando de um incremento ? Bom... Você viu como atuo.Você irá participar ?', respondi que não mas estaria por perto. 'Bom, ela está aqui ou em Sampa ? Aqui ? Cancele o hotel e venham para cá e passem o final de semana comigo. Veremos como as coisas andam'. E como andaram, Luís. Ela ficou bastante a vontade e no início noite de sábado já tinha sido enrabada. E foram 4 trepadas mas 6 gozadas. Contribuí com uma nos seios dela e uma na bunda. Aliás, Débora foi corajosa. Tomou na bunda duas vezes ! São amantes desde então. Mas ela me ama, estou sempre presente'

http://geraligado.blog.br/wp-content/uploads/2013/06/Geralgirl-127-25282-2529.jpg

Luís

Edson De santana disse...

moro no Abc 11980294082

Edson De santana disse...

moro no Abc 11980294082